15 de jun de 2012

MULHERES

“Cristo ressuscitou! Não é inútil a nossa fé!” (1Cor 15,14).
Como de costume preparo-me para contemplar mais um Mistério de Jesus Ressuscitado falando com as mulheres. Depois de algum breve exercício de pacificação, percebendo diante de quem o Espírito me coloca, com amor acolho a Presença. Rezo então, a minha oração.
Faço memória do relato da aparição em Mateus 28,9-10.
“De repente, Jesus foi ao encontro delas, e disse: “Alegrem-se!” As mulheres se aproximaram, e se ajoelharam diante de Jesus, abraçando seus pés. Então, Jesus disse a elas: “Não tenham medo. Vão anunciar aos meus irmãos que se dirijam à Galiléia. Lá eles me verão.”
Uso os olhos da imaginação, para me ver naquele primeiro dia da semana, testemunhando o diálogo das discípulas com os anjos anunciadores.
Peço o que quero aqui: a graça de sentir a alegria verdadeira com a alegria do Ressuscitado, que me leva a viver no Espírito, como pessoa ressuscitada, na convicção de que, com Ele e como Ele e por Ele, vencerei os desafios da vida e chegarei à Vida Plena.
As discípulas deixam os sepulcros com temor e grande gozo, querendo anunciar a Ressurreição aos demais. Depois do aviso dos anjos junto ao sepulcro vazio, elas se afastam, embora Madalena prefira voltar, “procurando entre os mortos” quem é vivo para sempre.
Prefiro seguir para o Cenáculo, partilhando seus sentimentos de medo de anunciar e não serem acreditadas, misturados com a alegria de serem portadoras de tão bela Boa Nova!
Meditação:
Também, eu tenho a graça de viver, neste dia, o Cristo Pascal: “A Páscoa é todo dia”, diz a canção. Ele ressurge diante de mim, na sua Igreja, na ação do Povo de Deus!
Outras passagens de Jesus ressuscitado:
Cristo, o novo Adão, nossa ressurreição (Cl 1,15-20); Cristo, imagem do Deus invisível (Cl 1,15-20); Quem é o homem para que se lembre dele? (Sl 8); Meu amado... o inverno passou (Ct 2,8-14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário