18 de mai de 2012

SEGREDO DO CORAÇÃO

“Senhor, que todas as minhas intenções, ações e operações sejam ordenadas puramente para o serviço e louvor de sua Divina Majestade”.
É bom lembrar como rezar em segredo.
Prepare-se! Disponha-se ao máximo. Deixe-se envolver pelo clima de oração. Junto ao lugar que você escolheu para orar, fique de pé. Faça uma reverência: Deus está presente. Ele se faz o Presente para você...
Se desejar rezar em pé: repouse o corpo e espírito: deixe o peso do corpo apoiar-se nas plantas dos pés... afaste-as uma da outra para que você tenha um bom equilíbrio... sinta-se plantado junto de Deus, o Rio de Águas Vivas... deixe os braços penderem livres, solte os ombros, permitindo que repousem dos pesos de responsabilidades que carregam... endireite a coluna, tantas vezes pressionada, tensionada... que o seu queixo não esteja nem empinado nem abaixado... pense em alguma coisa boa e agradável, sorria, descansando os músculos do rosto... repouse o olhar sobre uma imagem do Senhor na agonia, ou sobre o horizonte, ou, simplesmente, cerre os olhos, sinta o ar que vai e vem pelas narinas: é o sopro da vida, o dom de Deus do barro de que nos fez: “Então Javé deus moldou o homem com o barro do chão, soprou em suas narinas, um hálito de vida, e o homem se tornou um ser vivente” (Gn 2,7)... repita então os nomes “Jesus... Jesus” no segredo do coração... deixe-se pacificar, aquietar... acolha os barulhos: são sinais de vida... Deixe o silêncio fazer-se dentro de você... o Pai, que vê o que você faz no segredo do coração, lhe dará a recompensa (Mt 6,6)...
Peça então, ao Pai, a graça de poder orar, de estar com Ele e com o Espírito Santo nesse tempo que você separou para sua oração diária.
Peça a graça para tratar da vida com o Deus da Vida, pois esta é uma questão de amizade, liberdade, portanto coisa gratuita, de graça!
Pode rezar, também, sentado, deitado ou de joelhos.
Acomode-se agora no lugar escolhido para sua oração. Quem sabe um cantinho que você organizou com alguma imagem que lhe faça bem.
Lendo a Bíblia, deixe que as palavras escritas o ajudem a “ver” Jesus, os companheiros, ou você mesmo... Que as palavras envolvam você naquilo que o evangelho lhe mostra e revela: o mistério de Cristo! Na hora da oração, recorde a história, com toda simplicidade com que o evangelista a relata.

Nenhum comentário:

Postar um comentário