23 de jul de 2012

VALORES

“Ficais sabendo que o Senhor é Deu,; Ele nos fez e nós somos seus, seu povo e rebanho do seu pasto” (Sl 100,1-5).
A nossa educação, teoricamente, busca valorizar o homem, promovendo a sua identidade e dignidade pessoal, focalizando o desenvolvimento orgânico, mental, físico e moral do indivíduo, e valorizando o homem como pessoa em si mesmo.
Nesse caso, precisamos de condições favoráveis à realização pessoal.
Toda mudança tem de partir da educação, de um reaprendizado que promova a reflexão e instigue o indivíduo a um mergulho profundo dentro de si mesmo, de modo que possa atingir a total auto-realização.
Assim, o homem aprende a viver a vida, sentindo o gosto de poder construir uma sociedade sadia, na qual, possa manter o equilíbrio e a integridade de seus componentes psicossomáticos; na qual, seja capaz de um crescimento sadio, contínuo e agradável em interação com o meio, podendo controlar seus pensamentos, dominar as influências externas e a pressão inerente à vida moderna.
Ter domínio total sobre seu corpo, sua mente e por consequência, sobre suas emoções. Adquirir exaltar, desta forma, a paz, a felicidade e a realização como pessoas.
Exaltando seus valores mais profundos, que possam dar sentido à sua vida, sem os quais, muitas vezes, volta-se para as drogas, bebida e maus hábitos, destruidores de vidas.
Coloquemos, então, lado a lado, uma vida de intensa atividade social e uma vida de paz interior, sem destruir a primeira, mas introduzindo a segunda.
Olhe para o mundo, olhando também para si, encontrando desta forma o equilíbrio, a paz que tanto desejamos, sem precisar recorrer a coisas externas a nós.
Decidimo-nos a viver em cuidadoso equilíbrio, a querer escolher unicamente com base naquilo, que leva mais diretamente e com mais certeza, para nosso propósito original.
Meditação:
Paulo escreveu: “Lembro-vos, meus irmãos, a boa notícia (o evangelho) que vos anunciei, que recebestes, na qual permaneceis firmes, pela qual sois salvos, se a guardais como eu vo-la anunciarei. De outro modo teríeis acreditado inutilmente. Em primeiro lugar, eu vos transmiti aquilo mesmo que recebi: Cristo morreu por nossos pecados, foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. Vivemos com Cristo ressuscitado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário