16 de jul de 2012

TOMAI SENHOR

“Sobre ti me apoiei desde o seio materno, desde o colo de minha mãe és minha proteção; em ti está sempre o meu louvor” (Sl 71,1-6).
Sob a influência do Espírito Santo, faço a minha oração. Por meio da oração e do relaxamento tento ser tocado pela sua presença do Cristo ressuscitado, de uma maneira muito pessoal.
Penso na verdade do Cristo vivo.
Percebo a Sua presença nos meus companheiros. Vejo o Seu Ser no ambiente e, sobretudo, na beleza natural que me rodeia.
“Quem vê uma árvore vê, a Deus.”
“Pode alguém assistir a um balé, sem ver o bailarino?”
Ouço a Sua voz, que dá som aos sons que ouço. Sinto o Seu toque na brisa suave. Aspiro o seu perfume no aroma de uma rosa. Saboreio a presença Dele no paladar de uma refeição.
Este equilíbrio pode chegar a ser questão de vida ou morte quando se trata de assuntos importantes. O advogado que se permite ter um desejo desequilibrado de ser rico, pode aproveitar uma oportunidade dada, para obter, injustamente, uma grande soma de dinheiro. O sócio em um negócio que é demasiadamente ambicioso pode espalhar graves mentiras sobre um colega para poder adiantar-se a ele, com a intenção de obter um novo cargo. Sua falta de equilíbrio diante de coisas boas e de ricas oportunidades lhe prepara o caminho para agir contrariamente a seu propósito original na vida e, contrariamente também, a seu ser mais autêntico. E se, por esta falta de equilíbrio, atuamos desta maneira mortal uma vez, o que nos impedirá de o fazermos novamente, já que cada vez mais ficamos ainda mais, desequilibrados até chegarmos a ser pessoas realmente destruídas?

Meditação:
Rezo a oração abaixo, pondo toda a minha mente e minha energia na oferta e na petição.
Tomai, Senhor, e tratai como vossa minha liberdade meu entendimento, minha memória – todas as minhas decisões e minha liberdade de escolha. Tudo que posso e possuo vós me destes e me dais; agora devolvo tudo a vós procurando em tudo encontrar vossas esperanças e desejos. Continuais concedendo-me vosso divino amor e conservai sobre mim vosso olhar vivificador, e não necessito nem desejo mais nada.
Reflito por um momento e converso com Deus, Nosso Senhor. E termino com Pai Nosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário