26 de jul de 2012

SOMOS FILHOS DE DEUS

“Como filhos de Deus íntegros no meio de uma sociedade depravada e maliciosa onde brilhais como luzeiros no mundo” (Fl 2,15).
O despertar daqueles que desejam uma vida mais plena de crescimento e evolução, de transformação de si próprio e do seu mundo, envolve vários requisitos: um propósito de vida mais elevado; uma reflexão e um questionamento sobre si mesmo; seu bem-estar; um crescimento de consciência e um despertar para Deus.
Um direcionamento espiritual que os ilumine, purifique e os conduza à harmonia é a essência desse trabalho.
O homem só fará a si próprio e ao seu planeta mais humano, mais feliz e harmonioso, quando tomar consciência de que o maior trabalho a executar é consigo mesmo; um trabalho intenso com seu interior, buscando regularmente tranqüilidade e compreensão. Deve estabelecer novas metas, exercitar o seu cérebro, canalizar sua vontade através de hábitos corretos e sadios, fazer um elo de ligação entre o homem exterior e o homem interior, o material e o espiritual.
Interligando mente, corpo e espírito, equilibrando o físico, o psíquico e o espiritual. Somente assim, unidos na roda da vida, poderemos despertar a paz, a harmonia e o amor.
“Como filhos de Deus íntegros no meio de uma sociedade depravada e maliciosa onde brilhais como luzeiros no mundo” (Fl 2,15).
Uma das maneiras de desenvolver a consciência é acalmar a mente, pois esta permite que nossas energias internas se harmonizem com as externas; e um bom caminho para atingi-las é o relaxamento.
“Aqueles que recebem a semente em terra boa escutam a palavra, acolhem-na e dão fruto, trinta, sessenta e cem por um” (Mc 4,20).
Lembrete:
Desejamos ajudar a pessoa a refletir sobre si mesma, seu próximo, seu mundo e Deus. Apresento técnicas de respiração, de como trabalhar com o corpo e técnicas de relaxamento. Indico-o para todos aqueles que querem iniciar-se na descoberta do seu eu, aprender a relaxar, aprofundar-se num auto-conhecimento e conseqüentemente relacionar-se com o seu exterior.
Procuramos mostrar que é possível utilizar nossas energias interiores para melhorar a qualidade de vida, redescobrir o nosso eu através do poder que todos nós temos, e assim caminharmos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário