15 de mai de 2013

TRINDADE CONTEMPLA

“Eis que está gravado na palma de minha Mão!” (Is49,16)
Recordo a história da encarnação: a Trindade contempla o mundo com o olhar de misericórdia diante dos nossos desmandos. Decide salvar a humanidade por Jesus, n’Ele e com Ele. E quer necessitar de uma mulher, Maria de Nazaré.
Procuro observar o que fazem as pessoas: e o que fazem é conseqüência do que pensam, sentem e falam, como perseguição e eliminação do mais fraco... Ação em favor do dinheiro e poder dos grandes segundo o mundo, gerando toda a sorte de vítimas (Rm 1,39-31). Como matam, ferem: cultura da morte e da violência. No mundo, observo, em contraste, quanta ação honesta, boa e criativa! Ajuda, socorro, solidariedade, festa, comunhão!
E a Trindade, como reage? Não condena a humanidade: “a descida” É o seu amor compassivo (Fl 2,6-10). Então, as pessoas divinas realizam a encarnação do Filho Eterno no seio de Maria. Detenho-me sem pressa, e adoro.
Faço-me presente, soltando o meu coração, a minha imaginação, e na simplicidade, oro, deixando me tocar pela grandeza de Natal. Assumo o olhar da Trindade misericordiosa e pergunto-me: o que me diz esta realidade para minha missão? O que me inspira para as minhas atitudes? Como me inserir, encarnar, para aliviar, curar, salvar? Peço ao Espírito que me inspire!
Como é a união do Pai e do Filho e do Espírito Santo?
A união do Pai e do Filho e do Espírito Santo é perfeitíssima, sem nenhuma divisão. Assim o Espírito recebe o que é do Filho, e o que é do Filho é tudo o que o Pai possui. Por isso, disse Jesus, o Espírito há de receber o que é meu e o anunciará a vós (Jo 16, 14-15). Só o Filho tem a capacidade divina de receber tudo o que é do Pai e nos comunicar tudo o que é do Pai pelo Espírito Santo.
Lembro-me do que o Senhor disse para Moisés: “Eu vi, ouvi, tomei conhecimento e desci”. Isso tem haver com o modo de contemplar. O contato com a realidade evangélica também se faz pelos sentidos.
Meditação:
Você se dirige até um canteiro de flores cor-de-rosa... e a luminosidade dessa cor vai envolvendo você... é a cor da harmonia e do amor... vá projetando essa cor por todo seu corpo... e resplandeça essa cor no seu interior... e agora no seu exterior...
Reinarei sobre este mundo e o que meu Pai, Deus Trino me prometeu. Paguei um preço pelo resgate do mundo todo, e em breve porei em ferros o mal, que seduziu toda a terra. Eu venci pelo meu sangue, e ele não terá qualquer poder sobre minha criação. Seus poderes antigos estão quase esgotados, e ele será encadeado e atirado ao abismo (cf. Apocalipse 20,3). Os que assistirem a isso se admirarão e dirão: “Porventura é aquele que fazia tremer a terra, e abalava os impérios, que fazia do mundo um deserto, e destruía as cidades, e impedia os prisioneiros de voltarem para suas casas?” (Is 14,16-17)
Sinta paz... muita paz... E assim, harmonizando e refletindo o amor... medite em como poderá ser útil à humanidade...

Nenhum comentário:

Postar um comentário