4 de ago de 2012

O MAR

“Vou saciá-lo com longos dias e lhe mostrarei minha salvação” (Sl 91,16).
Depois de conduzir o relaxamento físico normal.
Imagine um oceano ... calmo ... de águas tranqüila ... um azul intenso. Lentamente, na sua imaginação, vá caminhando sobre as águas...sinta a temperatura da água em seus pés...a leveza de seu corpo sobre as águas ... a brisa em seu corpo .. o cheiro do mar...
Agora, na sua imaginação, vá penetrando no oceano ... como se fosse um peixinho ... veja quantas espécies de peixes há no fundo do mar ... passam muitos cardumes de peixes pequenos ... grandes ...são os animais aquáticos ...
Veja o cavalo-marinho nadar ... é lindo! ... a baleia ... como é grande ...Pelo seu tamanho deve saber tudo o mar, os ouriços ...a estrela do mar ...as algas ... elas se movem ... como aqui é tudo colorido ... muito bonito ...
Vá observando tudo isso é bonito ...importante. como eu sou importante por viver neste mundo maravilhoso. Estou em paz...
Agora, bem devagar, vá abrindo os olhos, espreguiçando-se.
Olha com um sorriso e experimentarás paz e segurança perfeitas. Não te preocupes. Não te chamei à agitação e ansiedade, mas à paz e ao repouso. Segura na minha mão e caminha comigo, e comigo descansa durante a noite.
E crescendo com o espírito de amor e respeito vai entender que ela é a própria natureza e, respeitando a si, respeitará o seu mundo e não o destruirá.
Meditação:
No momento da oração: como orar significa elevar a mente e o coração a Deus, comece sempre pedindo reverentemente ao Senhor Deus que o deixe ir à presença divina. Reconheça que já é totalmente conhecido por Deus Criador, que, em todos os momentos, o cria do nada. Assim, compareça  diante de Deus conscientemente, do jeito que você está no momento, com os temores ou alegrias, as convicções ou dúvidas, as vitórias ou derrotas que agora carrega.
“Outros barquinhos chegaram em Tibriedes, perto do mar onde comeram o pão, tendo o Senhor dado ‘graças’” (Jo 6,23).
Jesus pregava e fez muitos milagres perto do mar. “Andou sobre o mar” (Mt 6,48).

Nenhum comentário:

Postar um comentário