24 de ago de 2012

AUTO DOMÍNIO

“Servo bom e fiel! Foste fiel no pouco! Vais administrar o muito! Vem alegrar-te com teu Senhor! “(Mt 25,21).
Fazer uma lista de desejos, quantos possíveis. Ser sincero: “Onde, na tua lista se encaixa Deus e a busca dele?” Considera um desejo de cada vez. Como trato eu de satisfazer este desejo? Viver imaginativamente a cena completa. Considerar com cuidado os meios para solucionar os desejos. Expor cada um desses meios de Deus e submetê-los a sua influência.
Gula X Temperança (moderação, autodomínio)
Ora, as obras da carne são manifestas: fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, feitiçaria, ódio, rixas, ciúmes, ira, discussões, discórdia, divisões, invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes. A propósito de tudo isso eu previno a vocês: os que praticam estas coisas não herdarão o Reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, firmeza de ânimo, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, autodomínio. Contra estas coisas não há lei, pois o que são de Cristo crucificaram a carne com suas paixões e seus desejos (Gl 5, 19-24).
Devemos viver com justiça, moderação e piedade deste mundo (Tt 2,12).
Preguiça X Zelo (fervor, prontidão em bem servir)
A preguiça faz cair em profundo sono (Pr 19,15).
Servo mau e preguiçoso, sabias que colho onde não semeei, e que ajunto onde não espalhei, pois, então, devia ter depositado o meu dinheiro com os banqueiros, para que, voltando, eu recebesse o que é meu com juros (Mt 25,26-27).
Servo bom e fiel! Foste fiel no pouco! Vais administrar o muito! Vem alegrar-te com teu Senhor! (Mt 25,21).
Lembrete:
Antes do período de oração: em geral você se sai melhor quando destina um tempo e um lugar definidos para orar e os mantém meticulosamente.
Você começa a orar mais prontamente quando se prepara para isso, em especial pela análise dos materiais que pretende usar. Por exemplo, quando identificou que passagem dos Evangelhos pretende contemplar, ou que idéias pretende considerar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário