18 de jun de 2013

TRÊS PERSONAGENS

“Oh! Como é bom, como é agradável os irmãos morarem juntos! É como óleo precioso sobre a cabeça, que escorre pela barba, pela barba de Aarão, e desce sobre a gola do seu manto. É como o orgulho de Hermon, descendo sobre os montes de Sião. Pois é lá que o Senhor dá as bênçãos e a vida para sempre.” (Sl 133,1-3)
Preparo-me. Convido todo o meu corpo para participar deste momento de oração pessoal. Sinto a quietude e o silêncio do corpo inteiro. Paro. Volto um olhar amigo para o Autor e Criador do meu ser. Sem me apressar, pausadamente, recordarei os relatos de três personagens dos Evangelhos que querem seguir Jesus.
 O jovem rico (Mc 10,17,31) que procura Jesus. Quando Jesus lhe propõe o seguimento, ele foge de dar o seu “sim” pronto e generoso. Está apegado aos seus bens. Retira-se triste. Jesus comenta com os seus: “Como é difícil para os que têm riquezas entrar no Reino de Deus”.
O segundo tipo de pessoas pode ser representado por aqueles que se dispõem a seguir Jesus, mas impõem condições para responder ao convite dele (Lc 9,57-62). Apegados a negócios, a trabalhos, a projetos, à família ou a si próprios, querem manter-se no meio termo, servindo-se e servindo a Jesus. Não podemos servir a dois mestres.
O terceiro tipo de pessoas pode ser representador por Zaqueu (Lc 19,1-10). Como Maria, os apóstolos e tantos santos e santas, de todos os tempos e lugares, ele toma a atitude, ele se dispõe e dispõe dos seus bens para o serviço do Reino, oferecendo-se como todo o coração.
Vou pedindo ao Senhor o dom de poder, agora, olhar para dentro de mim e reconhecer se estes tipos de pessoas também estão representadas em mim. Qual?
Confia mais profundamente em Deus? Encara a si mesmo com maior clareza e esperança? Aceita a alegria do amor de Deus – e se desapega da felicidade da criança nas coisas belas? Esses são sinais de consolações.
Siga toda inclinação para anotar palavras especiais da Bíblia. O que quero agora: quero conhecer melhor Jesus, amá-lo mais e segui-lo de todo o coração.
Lembrete:
É tempo de abrir as portas para que milhões de almas recebam a salvação. Faze-as entrar pelo teu amor, tuas orações, teus apelos. Multidões devem vir a mim agora. Tu deves te servir da medida  da Fé  que eu te dei. Se plantares esse grão de fé, ela se tornará uma grande árvore. Se tuas mãos estão limpas e teu coração puro, obterás minhas bênçãos. Nada te faltará. Eu te amo. Acredita e caminha na Fé. Vive segundo que és: um filho de Rei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário