13 de set de 2012

PAI NOSSO

Pedir o dom que corresponde ao que Jesus diz e faz no Pai Nosso.
Como seria perdoar os pecados, curar enfermidades, socorrer o desconhecido na beira da estrada, ensinar a verdadeira doutrina do Pai. Censurar a mentira, encorajar a oração confiante e insistente. Dar a sua vida, vencer a morte na sua bendita ressurreição. Enviar apóstolos e discípulos a todo mundo etc...
Sempre você pode pedir para conhecer interiormente Jesus, verdadeiro Deus que se fez criança e homem, para nosso bem e salvação, para mais amá-lo e melhor servi-lo!
Como meditar e contemplar o que o Evangelho mostra e ensina.
Reze o Pai Nosso atentamente. Com fé! Você está diante de Jesus, que se revela no Evangelho, na luz interior do Espírito Santo do seu Batismo:
O que cada frase ou gesto de Jesus lhe lembra? O que lhe faz pensar? O que lhe faz desejar? O que recorda?
Com toda boa vontade, parar nos bons desejos ou pensamentos que lhe ocorrerem, sem pressa de ir adiante. Aí,saborear, adorar, admirar-se, louvar, agradecer, pedir... Assim você vai respondendo aos afetos, iluminações, inspirações, bons propósitos que Deus lhe dá! Sua oração vai se tornando um diálogo verdadeiro!
Sua graça, ilimitada é. Seu poder não conhece fronteiras humanas, pois da abundância infinita de suas riquezas em Jesus, Ele tira, tira e sempre tira! Eis, querido prisioneiro, querida prisioneira, na terra como eu te amo.
Quanto a mim, pobre e doente, o teu auxílio, ó Deus, me proteja. Quero louvar com um cântico o nome de Deus, e exaltá-lo com ações de graças. Que isto agrade ao Senhor mais que um touro, mais que um novilho com chifre e casco. Vede, humildes, e alegrai-vos! Vós que buscais a Deus, vosso coração reviva!
Lembrete:
Olhar Jesus. Ele se manifesta em sua paz, que vence os obstáculos e não pode ser contida por nossos inimigos e medo. Uma paz que dá firmeza, onde havia vacilação; caridade, onde havia perturbação e dúvida; alegria, onde havia tristeza; comunhão e igreja, onde havia dispersão; envio, onde havia paralisia e hesitação. Ele dá a compreensão das Escrituras, fazendo entender esta vida tal como ela é, com o pecado, a dor, a morte, e a fé, a esperança, o amor. Sem nada tirar. Dando sentido. De claridade em claridade. Termine rezando bem o Pai Nosso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário