4 de abr de 2012

LOUVOR
“Jesus vai ao Templo e vê os ricos que depositam dinheiro no cofre de esmolas. Chega uma viúva pobre e deposita duas moedinhas. Jesus diz: “Esta viúva pobre depositou mais do que todos os outros” (Lc 21,1-4).
“Tempo tranqüilo” é quando você não experimenta agitação de pensamentos, alternância de consolação e desolação, podendo usar suas faculdades livre e serenamente. Pode ser ocasião de acertar com a Vontade do Pai e do Filho, no Espírito, como qualquer outra.
Para continuar a ler clique abaixo.
A Sabedoria divina, instruindo a vida humana no Sermão da Montanha, talvez já tenha sido suficiente para que você colocasse, diante de Deus, o que lhe pareceu melhor e pedisse que Ele o confirmasse com o selo da paz e da alegria internas.
Contudo, se precisar, sugiro um “primeiro modo de fazer sadia e bom plano de vida”.
Veja bem: você está atravessando o mar da vida, tem de tomar uma decisão importante, quer acertar com a vontade de Deus, e não seguir apenas a sua cabeça, o seu sentimento ou algum conselho. Mas o Mestre da Vida parece ausente, como parecia aos discípulos quando ele os fez embarcar e foi dormir profundamente (ver Mt 8,23-27).
Então, pondo-se em oração, considere bem qual é a decisão a tomar: “Aceito ou não esta proposta?”. Claro! Tem de ser de coisa na qual um Cristão decente tenha liberdade de escolha e não fira compromissos de vida já assumidos com honra.
O que quero agora: quero conhecer melhor Jesus, para amá-lo e segui-lo de todo coração.
Meditação:
Jesus vai ao Templo e vê os ricos que depositam dinheiro no cofre de esmolas. Chega uma viúva pobre e deposita duas moedinhas. Jesus diz: “Esta viúva pobre depositou mais do que todos os outros” (Lc 21,1-4).
Domingo de Ramos. Jesus manda buscar um jumentinho. Jesus monta no animal e faz uma entrada triunfal. O povo alinha-se em seu caminho e clama. “Hosana! Bendito seja Ele!” (Mc 11,1-11).
Jesus vai com Lázaro jantar em casa de Simão, o leproso. A irmã de Lázaro derrama um perfume sobre a cabeça de Jesus. Os discípulos levam esse gesto a mal e Jesus os corrige (Mt 26,6-13).
Então comece pondo os olhos no fim para o qual você é criado, ganhando o dom da vida: louvar a Deus e salvar-se. Este é o primeiro ponto, o mais fundamental. Empenhe-se em se sentir livre, e desapegado diante da decisão, ficando como árbitro isento, pronto para abraçar o que sentir ser para maior glória e louvor de Deus nosso Senhor e minha salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário