17 de fev de 2011

PONCIO PILATOS

Poncio Pilatos era governador da Judéia 26 a 36 d.c. Era muito severo porque tinha muitos “messias” que queriam libertar Israel. Os Judeus também eram muitos determinados. Quando Pilatos colocou a imagem de César na cidade os Judeus fizeram um protesto em frente ao palácio e abriram sua roupa para receber a espada de Pilatos - Desistiu. Quando Pilatos roubou a verba do Templo para construir um aquaduto outra vez os Judeus fizeram um protesto. Desta vez Pilatos matou muitos protestantes. É muito interessante que os lideres do Templo dariam um Judeu – Jesus – a Pilatos para mata-lo. Lucas é claro: “Disse-lhes: Haveis-me apresentado este homem como pervertedor do povo; e eis que, examinando-o na vossa presença, nenhuma culpa, das de que o acusais, acho neste homem.” Lc 23:14. Mais tarde uma crise com os Samaritanos causou a Roma terminar com Pilatos como governador. Pilatos tentou controlar os Samaritanos, porém, desta vez Roma ficou do lado dos Samaritanos e Pilatos voltou para Roma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário