20 de fev de 2011

CRUCIFICAÇÃO

Parece que Jesus foi crucificado em um aterro sanitário que se chamava Golgotha fora de Jerusalém, Golgotha quer dizer crânio. Golgotha estava localizado em uma estrada de lama saindo de Jerusalém. “E os que passavam blasfemavam dele, meneando as cabeças,” (Mt 27: 39). Tendo chegado ao lugar o condenado foi flagelado e crucificado nu. Pregos foram batidos na madeira e o crucificado foi elevado a um tronco de árvore. Pusseram um bloco em baixo das nadegas para prolongar a agonia. Pregaram os pés à arvore causando lhe uma dor terrível. Desta maneira como castigo os Romanos deixaram o condenado ficar pendurado por vários dias morrendo vagarosamente. No caso de Jesus por alguma razão “Deram-lhe a beber vinagre misturado com fel; mas ele, provando-o, não quis beber. E, havendo-o crucificado, repartiram
as suas vestes, lançando sortes, para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta: Repartiram entre si as minhas vestes, e sobre a minha túnica lançaram sortes.” (Mt 27:34,35). Para insultar os Judeus Pilatos colocou a inscrição “Jesus Nazareno Rei dos Judeus” ao topo da cruz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário