31 de mar de 2012

Jesus é tentado

Mateus 4.1-12, 14.3-5; Marcos 1.12-14, 6.17-20; Lucas 3.19-20,4.1-13
Após ter sido batizado por João, Jesus foi conduzido pelo Espírito Santo ao deserto. Ele estava repleto do Espírito Santo. Como viera à Terra para mostrar às pessoas o caminho de volta a Deus, o demônio resolveu impedir Sua missão.
Jesus, o Filho de Deus, podia ter tudo o que quisesse. O demônio sabia disso e queria que Jesus usasse maio poder que tinha. Resolveu, então, tentá-Lo.
Para continuara ler clique abaixo.
Jesus estava no deserto havia 40 dias e 40 noites. Durante todo esse tempo, não havia comido nada. Era uma forma de concentrar-Se apenas em Deus.
O demônio sabia que Jesus não comera, e sua primeira tentativa de provocá-Lo foi com comida. "Se Você é o Filho de Deus, então diga a essas pedras que virem pão."
O demônio teria adorado que Jesus concordasse. Mas Jesus sabia que era mais importante fazer o que Deus desejava. Ele também sabia o que Deus dissera, muito antes, a Moisés, e respondeu ao demônio com as palavras das Escrituras:
"Não se vive apenas por ter o suficiente para comer. Também é preciso estar perto de Deus e fazer o que Ele diz".
O demônio então levou Jesus a Jerusalém e O colocou na beirada do telhado do templo. Era um lugar bem alto.
"Salte", disse o demônio. "Se Você é o Filho de Deus, se Deus realmente O ama, mandará Seus anjos apará-Lo."
"As Escrituras dizem: 'Você não deve testar o Senhor seu Deus"', respondeu Jesus. "Eu não farei o que você quer. Vim para fazer a vontade de Deus!"
Por fim, o demônio levou Jesus a um lugar muito alto. Apontou para todos os castelos e reinos do mundo. "Se Você me adorar", disse, "se me chamar de rei, eu Lhe darei tudo".
Jesus então lhe disse que as Escrituras falavam que somente Deus devia ser adorado. Ele tinha vindo ao mundo para implantar o Reino de Deus - uma maneira de viver como Deus queria que deveria durar para sempre. Esse era o único reino em que Jesus estava interessado. "Vá embora", disse ao demônio. "Só servirei ao Senhor Deus."
Então o demônio deixou Jesus sozinho, e vieram anjos para tomar conta Dele, que estava fraco e faminto.
Quando Jesus voltou do deserto, soube que João Batista tinha sido aprisionado pelo rei Herodes Antipas. Era um castigo por ter dito ao rei que deveria parar de agir mal. Os seguidores de João deram a notícia a Jesus, e Ele ficou muito triste. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário