13 de mar de 2012

"Como contar a José?"

Mateus 1.18-19
Quando Maria voltou 'a Nazaré, depois da visita a Isabel, sabia que teria de contar a José que estava esperando um bebê. Ela orou para que Deus o preparasse para a notícia. Maria amava José e não queria magoá-lo.
Quando José veio encontrá-la, Maria orou: "Senhor, por favor, faça com que ele compreenda".
"José, aconteceu uma coisa difícil de acreditar, mas que é verdade", disse Maria. "Você sabe que nossos pais e os pais deles esperam há muitos anos que o Messias prometido venha para salvar Israel. Ele deveria nascer de nossa família, descendente do rei Davi."
José concordou, mas não entendia por que Maria estava tão séria e lhe contava tudo aquilo.
"Bem", continuou Maria. "Deus me deu uma grande bênção. Não sei por que, mas Ele me escolheu para ser a mãe do Messias, o Filho Dele. O bebê que carrego comigo já tem três meses." Maria parou de respirar, esperando que José compreendesse.
"Ó, Maria", disse José, recuando.
"Eu a amo tanto", pensou ele. "Mas não posso me casar com ela, agora que está esperando um filho que não é meu." A história era impressionante demais para ser verdade.
Ele a olhou outra vez. Os olhos de Maria brilhavam de confiança, mas José não conseguia aceitar uma história tão estranha. Afastou-se dela, pensando em como poderia cancelar o casamento sem magoá-la demais. Os sonhos e as esperanças que construíra em torno de sua vida juntos começaram a desvanecer.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário