8 de mar de 2012

Uma jornada pelas colinas

Lucas 1.39-56
Pouco tempo depois, Maria saiu de sua casa, na Galiléia, e viajou para o sul, até a Judéia, para visitar Isabel, sua amiga e parente. Enquanto percorria as colinas, admirando o pôr-do-sol, pensava na razão pela qual o Senhor a escolhera para ser a mãe de Seu Filho. Deus era tão grande que fazia o sol se pôr a cada anoitecer e surgir pela manhã. E ela era apenas uma menina normal.
Na verdade, Maria não entendia tudo aquilo, mas estava entusiasmada. Tinha decidido obedecer a Deus, sem considerar as conseqüências. Ele estava no comando, e era isso que importava.
Quando chegou à casa de Isabel e Zacarias, chamou: "Olá, Isabel!"
Ao ouvir a voz de Maria, o filho de Isabel se mexeu dentro da barriga dela, que disse: "Maria, você foi abençoada por Deus e será a mãe do meu Senhor! Eu sei disso porque, quando você me chamou, meu próprio filho pulou de alegria dentro de mim. Você é realmente especial, o Filho de Deus vive em você".
Saber que Isabel compartilhava seu segredo maravilhoso fez Maria ficar tão contente que ela começou a cantar. "Meu coração está feliz, pois Deus é grande. Ele derruba governantes poderosos, salva os pobres e os fracos. Lembrou-se de seu povo e da promessa que fez há tanto tempo. Ele voltará a ajudar Israel!"
Maria ficou com Isabel por três meses, até que o bebê de Isabel estivesse para nascer. Nesse período, conversaram sobre seus filhos e imaginaram os dias vindouros, quando poderiam carregá-los nos braços e amá-los. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário