26 de dez de 2010

DESPERTE-SE

   Diz-se que a águia deixa seus filhotes ficarem no ninho até que estejam prontos para voar. Nas alturas do ninho e também recebendo a comida facilmente, gostariam de ficar no ninho com a mãe. O instinto natural da águia mostra quando os filhotes têm capacidade de voar e, neste momento, com o seu bico força os filhotes a saírem para o ar livre. Demonstra que estão prontos para despertarem e viverem por si mesmos.
Para continuar a ler clique abaixo.
   Muitas de nossas mães, de uma maneira ou outra, fazem o mesmo. O filho que fica na “barra da saia” da mãe nunca vai crescer. Fica “dormindo” toda a vida. E a mãe que não desapega da vida do seu filho, está contribuindo para que ele permaneça “dormindo”. A minha mãe fez corretamente, quando eu estava fora, deixou-me nas mãos dos anjos. Não havia necessidade de se preocupar.
    Espiritualidade é essencial. Ela faz com que nós nos despertemos que vejamos a realidade, e que vivamos a vida como ela é. Fé é ver o visível e saber que o Invisível porá tudo em ordem. Evita nossa sonolência. Infelizmente, muitos de nossos amigos vivem adormecidos, criam filhos, trabalham, e morrem sem jamais despertar. Falam que tudo está OK, porém verdadeiramente a sua vida é uma “droga”.
    Lembramos da estória da mãe que tentou levantar da cama o seu filho para ir à escola? O filho respondeu: “Eu não vou!”. A mãe replicou: “Dou três razões porque você deve ir: é o seu dever, tem 45 anos e é o diretor da escola. Acorde. Chega de brincar na vida”.
    Nós brincamos demais com a vida: com o emprego, com nossa reputação, com a esposa, o dinheiro, a fama, e outras coisas importantes. É necessário consertar nossos brinquedos quebrados.
    O problema é que muitos de nós não queremos ser curados. Desejamos ficar em nossa fossa, confortável em nossa cama. É irritante ser acordado.
    O contrário é dançar com o Divino Dançarino, cantar com o Divino Cantor; nós somos o balé de Deus e a sua canção. A vida é uma beleza. Vamos cantá-la juntos com a Divina Majestade.
    Usando todas as coisas, honesta e corretamente, somos levados à felicidade e a Deus.A chuva é uma só coisa, porém tem diversos resultados. Nos pântanos ela dá espinhos. Nos jardins, dá flores.
    Podemos escolher como queremos usar as belas águas das chuvas maravilhosas. A escolha certa
refletirá por toda nossa vida. Por que não experimentar essa oportunidade?
Desperte-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário