9 de dez de 2010

ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS

  Os gêmeos de seis anos estiveram aos joelhos de vovó. João gritou: “Deus, eu quero um carrinho!” Pedro respondeu: “Deus não é surdo”. E João replicou: “Eu sei que Deus não é surdo, mas vovó é”. Não vamos permanecer surdos às causas do alcoolismo e outras drogas. 
Para continuar a ler clique abaixo.
  Além das causas do abuso de álcool e outras drogas que os profissionais geralmente propõem, tem outras causas muito sérias que raramente são faladas. Por exemplo, a globalização gera uma cultura mundial que afeta todas as culturas ajudando àqueles que possuem dinheiro, ter mais dinheiro; e os operários e pobres tem menos dinheiro. Muitas pessoas tentam resolver o problema de desemprego e pobreza com álcool e outras drogas.
  Positivamente pensando, globalização ajuda na comunicação e na solidariedade. Globalização
não é completamente negativa.
  Outra causa do abuso de álcool e outras drogas é que neste mundo novo de comunicação imediata e de tecnologia digital, de mercados mundiais e de aspiração universal à paz e ao bem-estar, enfrentamos também tensões e paradoxos crescentes: vivemos numa cultura que mostra inclinação para a autonomia e para o tempo presente (o só agora) e, contudo temos um mundo com grande necessidade de construir um futuro em solidariedade: temos melhores meios de comunicação, mas experimentamos freqüentemente o isolamento e a exclusão. Alguns se beneficiaram enormemente, enquanto outros foram marginalizados e excluídos. Por isso, entram no submundo do álcool e outras drogas. O nosso mundo é cada vez mais transnacional e, no entanto, necessita de afirmar e proteger as identidades locais e particulares. O nosso
conhecimento científico atingiu os mistérios profundos da vida, contudo a própria dignidade da vida e o mundo em que vivemos continuam ameaçados. E como resultado, repito que temos o problema de álcool e outras drogas.
  Existem duas respostas espirituais: Nossa Senhora de Guadalupe fala: “Não estou aqui ao seu lado? Sou sua mãe. Que mais deseja? Não permita que nada o aflija ou o perturbe”. E ouvimos à Jesus: “Eu vim para que tenha a vida, e a vida mais abundantemente”. Só com trabalho profissional e intensamente espiritual, resolveremos os problemas do submundo da pobreza, incluindo álcool e outras drogas. 
  Um homem surdo ganhou novamente sua audição. Logo ele começou a ouvir as conversas de sua família e pessoas próximas. Mudou a sua herança três vezes.
  Ouvindo muitas pessoas falar sobre as soluções para as vítimas de substâncias psicoativas, não vamos mudar nossas idéias. São principalmente duplas: uma vida profissional e intensamente espiritual.


Nenhum comentário:

Postar um comentário