9 de set de 2013

FOME

“Mas serve, porque Jesus veio para servir e não para ser servido” (Mt 20,28).
Quem é filho em Jesus e como Jesus, o Filho Eterno do Pai Eterno, só quer que os outros tenham vida, e vida em abundância (Jo 10,10). Não se serve. Mas serve, porque Jesus veio para servir e não para ser servido (Mt 20,28). Quem se põe a serviço e prefere passar a privação a fazer os outros sofrerem privações, é livre de verdade. Até pode ter coisas, mas as coisas não o possuem! Os bens deste mundo não dominam seu coração! Saciado de caridade, é livre na liberdade gloriosa dos filhos e filhas de Deus (Rm 8,21).
·  Feche os olhos.
·  Relaxe todo o corpo.
·  Procure lembrar, quando você acordou pela manhã, ao abrir os olhos, qual foi a primeira coisa que você viu?
·  Lembre agora qual o primeiro som que ouviu. E o tato?
·  O primeiro cheiro que conseguiu captar.
·  Ao tomar café, que gosto sentiu? Qual sua temperatura ao levá-lo á boca?
 Felizes os famintos, porque serão saciados.
Contai-lhes os prodígios que fiz em vossas vidas e o quanto vos abençoei. Não canseis de narrar os milagres que tendes visto, do modo como vos salvei e livrei inúmeras vezes. Lembrai-vos que sois o maior testemunho que vossos filhos têm neste mundo. Fazei com que me vejam, e eles crerão mais facilmente em mim.
O que nós ouvimos, o que aprendemos, o que nossos pais nos contaram, não ocultaremos a seus filhos; mas vamos contar à geração seguinte as glórias do senhor, o seu poder e os prodígios que operou.
Ele estabeleceu uma regra em Jacó, pôs uma lei em Israel; ordenou a nossos pais que a ensinassem a seus filhos, para que tomasse conhecimento a geração seguinte, a dos filhos que vão nascer, que por sua vez dirão a seus filhos, para porem em Deus sua confiança, não esquecerem as obras de Deus, mas observarem seus preceitos, para não serem, como seus pais, uma geração indócil e rebelde, cujo coração foi inconstante e cujo espírito foi infiel a Deus (Sl 78).
“Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça porque serão fortes” (Mt 5,6). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário