26 de nov de 2011

NARADA CARREGA UMA TIGELA DE LEITE

o sábio indiano, Narada, era devoto do Senhor Hari. Tão grande era sua devoção que um dia foi tentado a pensar que em todo o mundo não havia ninguém que amasse mais a Deus do que ele.
O Senhor leu seu coração e disse:
- Narada, vá a esta cidade às margens do Gangis, pois lá mora um de meus devotos. Morar em companhia dele lhe fará bem.
Narada foi e encontrou um lavrador que se levantava cedo, pronunciava o nome de Hari apenas uma vez, então erguia o arado e ia para os campos onde trabalhava o dia todo. Pouco antes de cair no sono à noite, pronunciava o nome de Hari mais uma vez. Narada pensou: "Como pode este rústico ser devoto de Deus? Vejo-o imerso o dia todo em seus afazeres mundanos".
Então o Senhor disse a Narada:
- Encha uma tigela até a borda com leite e ande por toda a cidade. Então, volte, sem derramar uma gota sequer. Narada fez como lhe fora ordenado.
- Quantas vezes se lembrou de mim, enquanto caminhava pela cidade? - perguntou o Senhor.
- Nem uma única vez, Senhor - disse Narada
- Como poderia, quando o senhor me ordenou que tomasse cuidado com aquela tigela de leite?
Disse o Senhor:
- Aquela tigela absorveu tanto sua atenção, que se esqueceu completamente de mim. Mas veja aquele camponês que, embora sobrecarregado com os cuidados de sustentar uma família, lembra-se de mim duas vezes por dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário