30 de ago de 2013

ATOS DOS APÓSTOLOS

“Antes de tudo, ficais sabendo: nenhuma profecia da Escritura é objeto de interpretação pessoal; porque nunca uma profecia foi proferida pela vontade humana, mas foram movidos pelo Espírito Santo que homens falaram da parte de Deus”.(2Pd 1,20-21).
Esse eletrizante relato das Primícias da vida pastoral e empreendimento missionário é a segunda parte do trabalho de dois volumes do Doutor Lucas (1,1; veja Lc 1,1-4). O livro relembra seus leitores que o Espírito Santo dá poder à vida dos indivíduos e comunidades crentes, os preparando para ensinar, evangelizar, cuidados corporativos e serviço social. A figura de Pedro domina a primeira metade do livro (capítulos 1-12), enquanto Paulo ocupa a outra parte (capítulos 13-26).
Quatro temas predominantes são claramente introduzidos nessa primeira parte principal do livro:
“Espera” – A devoção religiosa da comunidade cristã inicial é demonstrada no começo. O Senhor Jesus, através do Espírito Santo, transmite suas instruções para todos (1,2), mas a Igreja precisa orar para distinguir o que estas ordens significam em resposta prática. “Espere” é a palavra chave aqui (1,4; veja Lucas 24,49). Este excitante livro começa com passividade, não atividade, se apresenta a nós com um parâmetro para o serviço cristão.
“Testemunho” – O Espírito manifesta sua presença de uma maneira memorável, permitindo uma enorme multidão de diversas congregações raciais a ouvir o Evangelho na sua própria língua. É uma reversão clara de Babel (veja Gn 11,1-9). O homem, agora, não procura a exaltar ele mesmo (Gn 11,4); deseja a exaltar apenas o seu Deus. Não é o seu próprio nome que importa (Gn 11,4), mas o de Cristo (3,6; 16; 4,10; 5,41). Perceba, porém, que o tema do seu testemunho não são suas próprias idéias, nem mesmo suas experiências, mas os atos magníficos de Deus. A mensagem de Pedro é:
A mensagem de Pedro é:
Cristológica (2,22-36) / Convincente (“Quem você crucificou?” 23,36-37) / Suplicante – (38-40) / Eficaz (41)
 “Trabalho” – Para que nós não devamos imaginar  que o Senhor está preocupado apenas com a conversão de multidões (2,41), nós logo somos lembrados da natureza pessoal do nosso trabalho para Ele. É o “amor para os sem amor demonstrado, para que amáveis eles possam ser” (3, 2-10). Toda pessoa é importante.
Paulo tem muitas mensagens e cartas. Pedro e Paulo deram as suas vidas em martírio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário