3 de fev de 2015

SENTIDOS

Sentidos

Para nós que temos uma visão boa é bom meditar sobre as palavras de Helen Keller, que escreveu a eloquente e poética descrição de visão com um recado que se imortalizou na história, do qual transcrevo o último trecho:

Eu, que sou cega, posso dar uma sugestão àqueles que veem: usem seus olhos como se amanhã fossem perder a visão. E o mesmo se aplica aos outros sentidos. Ouçam a música das vozes, o canto dos pássaros os possantes acordes de uma orquestra como se amanhã fossem ficar surdos. Toquem cada objeto como se amanhã fossem perder o tato. Sintam o perfume das flores, saboreiem cada bocado como se amanhã não mais fossem sentir aromas nem gostos. Usem ao máximo todos os sentidos; gozem de todas as facetas do prazer e da beleza que o mundo lhes revela pelos vários meios de contato fornecidos pela natureza. Mas, de todos os sentidos, estou certa de que a visão deve ser o mais delicioso.

Reflitamos sobre as palavras de Helen, que explicitam a história e a filosofia de uma vida construída com base em atitudes vencedoras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário