10 de fev de 2015

MOCHILA

Mochila
 Recordemos São Paulo: “Todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus... recebestes um Espírito de filhos adotivos, pelo qual clamamos ‘Abbá! Papai!’. O próprio Espírito se une ao nosso espírito para testemunhar que somos filhos de Deus... Assim também, o Espírito socorre a nossa fraqueza, pois não sabemos pedir como convém, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inefáveis, e aquele que sonda os corações sabe qual o desejo do Espírito...” (cf. Rm 8,14 ss)

  Imagino-me diante da minha mochila... Posso colocar nela tudo o que levo comigo, desde os anos da minha infância até agora. Os dias felizes e os menos felizes. Tudo o que me pesa e me aborrece. O que sinto como inoportuno. O que me pressiona e me abate. Talvez alguma coisa que me parece insuportável...
 Com certeza vou colocar coisas e experiências bonitas e enriquecedoras na minha bagagem. Guardo-as com carinho, são importantes para mim. Vem do Espírito Santo.

 Lembrete

  A cultura contribui no desenvolvimento e na perfeição das capacidades do homem, tanto mentais como físicas. Por meio da cultura o homem promove o bem comum da sociedade, criando as condições sociais que satisfazem com facilidade às suas necessidades e aos seus legítimos anseios. Essas condições sociais, se querem corresponder à verdadeira vocação do homem, devem basear-se na eminente dignidade da pessoa humana que pode ser completamente compreendida somente à luz da transcendência da revelação cristã.
 Levemos essas ideias em nossa mochila!

Nenhum comentário:

Postar um comentário