30 de mai de 2011

NOSSO SER

        
            Desde que o homem começou filosoficamente a escrever e pensar recebemos várias idéias fundamentais sobre a maneira em que o Ser Infinito trabalha não somente em nosso planeta, porém com os homens. Platão (427 AC) pensou que nossa vida é uma memória de nossa existência anterior; pode ser que Platão seja o primeiro filósofo a pensar em reencarnação e espiritismo. Aristóteles (384 AC) imaginou que a Primeira Causa sem causa, causou o Universo. O Espírito Supremo inspira o ser humano, que é um personagem do espírito e corpo unidos. Tomás Aquino (1225 DC) batizou e santificou as idéias aristoteleanas. Descartes (1596 DC), embora um santo e grande matemático atrapalhou as idéias de Aquino separando mentalmente o espírito e corpo em duas entidades. Devido a isto, é difícil ensinar que somos uma pessoa com espírito e corpo unidos.
Para continuar a ler clique abaixo.
             Seja o que for estas belas idéias, o importante é que, é o nosso espírito que informa e une através do mente-cérebro o funcionamento de nossa pessoa, que contém em ordem 100 trilhões de células. Nossas células são tão pequenas que centenas podem ser colocadas na cabeça de um alfinete. A maior célula conhecida é o ovo de avestruz. O nome descrito para a menor estrutura viva, a célula, foi escolhido por Robert Hooke. Em um livro que publicou em 1665, ele as comparou com os pequenos quartos onde os monges viviam. Nós somos fabulosos.
Gosto de pensar que o Divino Espírito nos guia como pequenos mundos individuais e unidos neste grande Universo, que tem soles maiores que a distância de nosso planeta até o sol.
            Quero comentar sobre nosso corpo, que nosso mente-cérebro unido guia. O DNA, que está dentro de cada célula, determina uma baleia, um coelho ou um homem. Tal é o milagre da criação. DNA promove a ação de cada componente de todas as células, o que devem manufaturar ou o que devem procurar e o que devem evitar. O DNA (ácido desoxirribonucléico) é a parte mais importante de cada célula. Ele contém informações vitais que passam de uma geração à outra. O DNA coordena sua fabricação, assim como a de outros componentes das células, como as proteínas.
           Para continuar a ler clique abaixo.
            Podemos dizer que a história das células pode ser somada, dizendo que começamos com apenas uma célula e continuamos com 100 trilhões vivendo em harmonia, cada uma trabalhando a sua maneira com eficiência, e nos causa contemplar maravilhosamente. É o Maravilhoso Supremo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário