13 de out de 2011

ESCRITURAS

 A estória de JEFTÉ é uma composição de várias tradições e adições. Outra vez os israelitas  tinham pecado. Quando se arrependeram Deus manda um salvador. Desta vez é um ladrão e filho ilegítimo que não gostou da sua família porque eles o odiaram dele. Quando os Amonitas atacaram Israel o militar que eles chamaram foi Jefté. Os Amonitas queriam reconquistar o território que os israelitas capturaram quando fugiram do Egito. Jefté conquistou os inimigos. Ele fizera um voto de sacrificar a primeira pessoa que encontrasse saindo de sua casa em sua volta. (tais votos foram ilegais e pecaminosos : Lev 18:21) Outra vez os autores da Bíblia não condenaram um pecador, no caso Jefté. Quando ele chegou a casa a sua filha, com muita alegria dançando, cumprimentou seu pai. Jefté cumpriu com seu voto e matou a sua filha. Uma vez mais os autores não condenam os líderes (Jz 10:6.12.7; 10:6-12:7).

Nenhum comentário:

Postar um comentário