15 de mai de 2015

GRATIDÃO

      O mosteiro estava ficando cheio e era preciso construir um edifício maior, por isso um negociante preencheu um cheque de um milhão de dólares e o apresentou ao Padre, que o pegou e disse:
      - Muito bem. Eu o aceito.
      O negociante ficou contrariado. Era uma grande soma de dinheiro e o Padre nem ao menos agradecera.
      - Há um milhão de dólares nesse cheque.
      - Sim, percebi – disse o Padre.
      - Mesmo eu sendo abastado, um milhão de dólares é muito dinheiro.
      - Deseja que eu lhe agradeça pelo cheque?
      - Você deveria.
      - Por que deveria? Quem dá deve ser grato – disse o Padre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário