23 de mar de 2015

JOSÉ, O CARPINTEIRO

José, o carpinteiro

A descrição mais detalhada de José se encontra em “A história de José, o carpinteiro”, que surgiu por volta de 400 d.C. Nela, Jesus descreve a vida de José a seus discípulos. De acordo com esse relato, José foi escolhido por sacerdotes para ficar noivo de Maria. José teve boa saúde até idade avançada e ensinou a Jesus a profissão de carpinteiro.
 As Escrituras dão a José a virtude da Justiça. Era um nome justo (Mt 1, 19).
 Operários em todo o mundo veneram São José como patrão protetor porque dizem que era um bom carpinteiro e cuidava bem e com amor Maria e Jesus.
 O homem e a mulher foram criados um para o outro?
 Sim, como a Sagrada Escritura o atesta: Não é bom – disse Deus – que o homem esteja só. Por isso deu-lhe a mulher carne de sua carne, semelhante a ele e próxima a ele como a costela do coração (ver Gn 2, 18-24).
 A mulher é o auxílio, o socorro do homem, sinal de Deus para ele, pois Deus é aquele que está em nosso auxílio (socorro) (Sl 121/120, 2).
 Maridos, amai vossas mulheres e não sejais ásperos para com ela. (Col 3,19)

Nenhum comentário:

Postar um comentário