12 de dez de 2011

RESPIRAÇÃO

 Uma das maiores finalidades das nossas narinas, da boca e dos nossos pulmões é limpar e condicionar o ar que inspiramos e depois expiramos. É a nossa respiração. A cada dia nós processamos 200 metros cúbicos de ar, como o volume de um quarto. Queremos ter ar livre de bactérias, sem poluição ou fumaça e outras contaminações. Um aparelho de ar condicionado é uma enorme caixa; os meus pulmões comprimem numa área de poucos cm³ todo ar que inspiramos e continuamente, recebemos bactérias, fungos e vírus. Espirrar é um reflexo muito importante, como um “cão de guarda” da nossa respiração. Quando espirramos o ar das vias aéreas, sua saída chega à velocidade de 250 km por hora.
Para continuar a ler clique abaixo.
 Oxigênio é vital para a vida. O sistema respiratório transfere oxigênio do ar para o sangue pela inspiração, para que o sistema circulatório possa distribuí-lo ao organismo; e as impurezas são eliminadas pela expirarão. São os sistemas musculares e esqueléticos que produzem os movimentos da respiração.
 Pouco tempo depois do nascimento, começamos a respirar por nós mesmos. Jane tinha uma filha, que não estava respirando bem. Foram ao médico; terminando os exames o médico disse: “Quero ver vocês outra vez dentro de dois meses”. Ele cobrou Jane pelas duas visitas. Jane sentiu-se indignada e falou: “A primeira visita foi idéia minha; a segunda visita foi sua. Não pago pela segunda. É você quem quer nos ver novamente”.
 Paulo de Tarso escreveu: “É em Deus que respiramos, existimos, e somos um ser”.
 Antes de cada mudança em nossa vida, por exemplo, quando vamos a mesa de refeição, ou quando começamos a trabalhar no computador, seria bom pararmos para inspirarmos e expirarmos por três vezes. Em Yoga chama-se Pranayama.
 Se ficamos nervosos e, ainda pior, se queremos brigar, devemos descansar e respirar profundamente três vezes. Seríamos como uma Lília aquática que flutua no lago enquanto a água fica imóvel. A respiração promove a tranqüilidade ao coração e clareia a mente.
Antes da oração matinal, observe a respiração e lembre-se que estamos na presença da Divina Majestade. Isto nos ajuda a ficar com nosso coração e mente aberta durante nossas preces. O sentinela reconhece a fisionomia de quem entra e sai do palácio. Como reis que mandam em nosso mundo psicossomático, temos que prestar muita atenção à beleza de nossa vida e à respiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário