2 de dez de 2011

DE ORAÇÕES E DE REZA-DORES

Sobre orações e rezadores:
Avó:
- Faz suas orações todas as noites?
Neto:
Oh, sim!
E todas as manhãs?
Não, não tenho medo durante o dia.
***
Velha senhora piedosa, depois da guerra:
- Deus foi muito bom para nós. Rezávamos e rezávamos, por isso todas as bombas caíam no outro lado da cidade!

***
Tão intolerável se tornara a perseguição de Hitler aos judeus, que dois deles resolveram assassiná-Io. Montaram guarda, armas em punho, em um lugar onde sabiam que o Führer deveria passar. Ele estava demorando muito e um horrível pensamento ocorreu a Samuel:
- Josué, disse ele - faça uma oração para que nada tenha acontecido ao homem!
Estavam acostumados a convidar a piedosa tia a acompanhá-Ios ao piquenique, todos os anos. Este ano, esqueceram. Quando o convite chegou à última hora, ela disse:
- Agora é tarde demais. Já rezei para chover.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário